• Resinas Prime Off Grade

    Atuante no mercado de resinas termoplásticas, possuimos mais de 30 anos de experiência oferecendo soluções de qualidade.

RESINAS PRIME E OFF GRADE


Possuímos uma alta gama de resinas prime e off grade que poderá atender a sua necessidade. Buscamos disponibilizá-lo a sua empresa de forma segura, ágil e que melhor atenda as suas necessidades.

Possuímos diversos grades, Clique aqui e solicite um orçamento com o grade que você necessita. Caso não saiba o grade, nos informe a utilização do material que nossos vendedores possuem experiência de mercado e saberão indicar o melhor produto para sua indústria.

PEAD – Polietileno de Alta Densidade

O Polietileno de Alta Densidade (PEAD) é sem sombra de dúvidas o mais importante dentre as três variações de polietilenos (PE) devido ao enorme volume consumido em nível global. Com sua grande estrutura linear composta por apenas poucos ramos laterais, os quais conduzem a uma maior densidade, e a uma estrutura mais cristalina, o PEAD possui vantagens significativas, em comparação com os outros polietilenos, permitindo, portanto, um maior leque de utilizações. O PEAD também é mais forte e mais opaco que o PEBD e pode suportar maiores temperaturas (120°C por curtos períodos e 110°C continuamente)..

Um importante canal de escoamento o PEAD está em aplicações para moldagem por sopro, tais como garrafas de leite e outras bebidas não carbonatadas, além de tambores, reservatórios de combustível para automóveis, brinquedos e produtos domésticos, entre outros. Devido ao fato de o PEAD possuir boa resistência físico-química, o mesmo é igualmente utilizado para a embalagem de muitos produtos químicos domésticos e industriais, como por exemplo, detergentes, cloro e ácidos.

PEBD – Polietileno de Baixa Densidade

O PEBD é amplamente usado no fabrico de vários recipientes, tabuleiros, garrafas, canalização, componentes de computador, superfícies de trabalho, peças que necessitem de solda, equipamento de laboratório, equipamento de parques infantis e película aderente. O seu uso mais comum é no fabrico de sacos de plástico. A embalagem dos pacotes de leite e sumo é feito com um laminado de PEBD, cartão e papel de alumínio. Possui excelente resistência (não solúvel) a ácidos, alcoóis, bases, ésteres, aldeídos, cetonas e óleos vegetais.

PEBDL – Polietileno de Baixa Densidade Linear

Material menos translúcido que o PEBD. Possui maior resistência mecânica em relação ao PEBD e se torna ainda mais resistente quando submetido a temperaturas inferiores a 95ºC. Resistente a substâncias químicas. Não tóxico. Utilizado em sacolas e na agricultura.

PP Copolímero – Polipropileno Copolímero

Possui excelente resistência mecânica a baixas temperaturas. Mais flexível e resistente do que o PP Homopolímero. Sua resistência é aumentada quando modificado com borracha termoplástica. Entretanto, sua resistência química é inferior ao do PP homopolímero. Transparente. Usado em brinquedos, embalagens industriais, automóveis, eletrônicos.

PP Copolímero Random. – Polipropileno Copolímero Random

O PP Random é um copolímero randômico de propeno e eteno. É indicado para processo de moldagem. Possui baixa transferência de odor e sabor. Apresenta boa processabilidade, alta produtividade, excepcionais transparência e brilho e bom balanço rigidez/impacto.

PP Homopolímero – Polipropileno Homopolímero

Resistente a altas temperaturas.Pode ser esterilizado com raios gama e óxido de etileno. Abaixo de 80ºC tem boas resistências químicas contra ácidos e bases e poucos solventes orgânicos podem dissolvê-lo a temperatura ambiente. Possui resistência elétrica e mecânica. Torna-se frágil e quebradiço a temperaturas abaixo de 0ºC. Utilizado em embalagens e em seringas.

PS Cristal – Poliestireno Standard ou Cristal

O poliestireno cristal ou GPPS (sigla para General Purpose Polystyrene, para uso geral) é um polímero obtido através do monômero de estireno: transparente, rígido, atóxico, com excelente qualidade dimensional, de fácil processamento e coloração.

PSAI – Poliestireno Alto Impacto

Poliestireno Alto impacto, conhecido como PSAI, é um termoplástico obtido por extrusão, a partir do poliestireno cristal granulado (GPPS). A resistência ao impacto do material se dá com a adição de um elastômero, em proporções variadas conforme se queira obter um produto de baixo, médio ou alto impacto.

ABS - Acrilonitrila Butadieno Estireno

É um copolímero composto pela combinação de acrilonitrila, butadieno e estireno. A sua fórmula química é (C8H8·C4H6·C3H3N)n, e a proporção exata de cada componente na composição do copolímero depende da utilização final do produto para que este se destina. O resultado físico deste copolímero é um material termoplástico rígido e leve, com alguma flexibilidade e resistência na absorção de impacto, muito comum na fabricação de produtos moldados para usos diversos. Esta resina sintética termoplástica pode assumir quaisquer formas e cores, por moldagem térmica a altas temperaturas e adição de pigmentos. A coloração do ABS possibilita a reprodução de cores muito vívidas e saturadas, e varia, nas suas propriedades de reflexão e refracção da luz, de um transparente muito claro e límpido a um opaco completamente estanque. Este plástico é também muito usado pelo acabamento de alto brilho que permite, conjuntamente com todas as suas outras propriedades. Outra vantagem do ABS é a excelente relação de preço qualidade, o que o torna um produto desejável: econômico e eficaz.

PA 6 – Poliamida 6 ou Nylon 6

As Poliamidas são os plásticos de engenharia mais utilizados devido à sua fantástica combinação de propriedades mecânicas e de temperatura a preços relativamente baixos. O PA 6 possui maior resistência ao impacto, melhor amortecimento, melhor capacidade de processamento, menor distorção, melhor qualidade da superfície, possível capacidade de retardante de chamas, propriedades elétricas muito boas, estabilidade dimensional, desempenho de envelhecimento térmico a longo prazo, boa resistência mesmo a baixas temperaturas, excelente relação custo/desempenho.

PC – Policarbonato

O Policarbonato (PC) possui uma combinação única de ductilidade, transparência ótica, rigidez e resistência. O PC também apresenta excelentes propriedades elétricas. O Policarbonato é um polímero amorfo e transparente. O Policarbonato é inerentemente um dos polímeros que apresenta maior transparência. Ao mesmo tempo o PC pode através de composição adquirir diferentes cores, de cores translúcidas a opacas sólidas. O aspeto estético do Policarbonato é de elevado nível dentro da gama de polímeros de engenharia.

O Policarbonato pode ser produzido com diferentes características, nova tecnologia retardadora de chama amiga do ambiente, resistência aos riscos, ductilidade, resistência térmica, Resistência às intempéries, biocompatibilidade, qualidade ótica, em cumprimento com rigorosos requisitos da FDA e USP.

O Policarbonato possui elevada resistência aos raios UV e esta pode ser melhorada através da adição de estabilizadores UV. Outros aditivos podem ser dissipadores de calor ou aditivos que permitem melhorar a fratura por tensão ambiental, ESCR (environmental stress cracking). O PC pode ser reforçado com fibra de vidro para aumentar a sua rigidez.

PET – Politereftalato de Etileno

O PET é um poliéster termoplásticos, assim como o PBT PCT e os LCP. A resinas de PET é usada principalmente para a produção de pré-formas possuindo de 8 a 15cm de comprimento, que depois são sopradas tomando a forma de garrafas; outras aplicações do PET incluem filmes orientados, tecidos, tubos, fitas de arquear, chapas e cerdas de vassoura, onde alguns desses produtos são feitos a partir do PET reciclado, o chamado “PET grau garrafa”.

Consulte 0utros tipos de resinas